RORAIMA: Homem vende pedaço de cerâmica como celular e acaba preso em Boa Vista

Suspeito vendeu pedaço de cerâmica em capinha como se fosse um celular a idoso deficiente físico. Prisão foi feita pela Força Tática.

Um venezuelano de 31 anos foi preso por policiais militares da Força Tática nesta quarta-feira (27), em Boa Vista, ao vender para um idoso um pedaço de cerâmica como celular.

Segundo a Polícia Militar, a prisão foi durante a operação Corredor Seguro, que ocorre no Centro da capital. O suspeito foi surpreendido quando aplicava golpes.

De acordo com a polícia, ele atuava com outros envolvidos na Feira do Caxambú. Ele se aproveitou do momento em que percebeu o idoso que, também é deficiente físico, sair de um banco para agir.

A vítima foi abordada por diversos venezuelanos que vendiam um celular por R$ 300, segundo a polícia.

Ao comprar o suposto aparelho, ele recebeu um pedaço de cerâmica embalado com uma capa de celular.

Conforme os policiais, a ação dos suspeitos foi rápida e o idoso notou ter caído no golpe minutos depois que os envolvidos tinham se afastado.

A Força Tática iniciou as buscas e prendeu um dos venezuelanos que participaram do golpe. Com ele, foram apreendidos diversos celulares sem nota fiscal.

O suspeito foi conduzido ao 1º Distrito Policial inicialmente, mas, em seguida, foi levado para o Núcleo de Proteção ao Idoso e Portador de Necessidade Especial onde prestou depoimento.