O mês de novembro é dedicado a saúde do homem e o slogan do Ministério da Saúde nesse ano é “Da infância à velhice, cuide de sua saúde de novembro a novembro”. A coordenadora Estadual da Saúde do Homem da secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Francisca Odalice da Silva, disse que no Brasil as doenças que mais matam o homem não são os diversos tipos de câncer e sim as doenças cardíacas, vasculares e respiratórias, além das causas externas como acidentes e a violência.

Coordenadora da saúde do Homem em Rondônia, Francisca Odalice fala sobre a campanha deste ano

Segundo Francisca Odalice, o Ministério da Saúde resolveu dar outra vertente na campanha Novembro Azul, que começou a ser desenvolvida no Brasil em 2008 para alertar o público masculino sobre os cuidados na prevenção e tratamento do câncer de próstata. Como a realidade no Brasil é diferente, a campanha deste ano irá focar na prevenção às doenças que mais acometem os homens no país.

A campanha irá incentivar o homem a praticar exercícios físicos, ter uma alimentação saudável e ir ao médico pelo menos uma vez por ano para uma bateria de exames preventivos. Visando atender as recomendações do Ministério da Saúde, a Coordenação da Saúde do Homem da Sesau em Rondônia programou uma série de atividades para o público masculino, mas o feminino também pode e deve participar, pois a mulher tem um papel fundamental para sensibilizar o marido, o namorado os filhos.

Programação Campanha Novembro Azul

A abertura será no dia 6, às 8h30 da manhã na praça do Palácio Rio Madeira.

Dia 7, das 8h às 12h no auditório do Ministério Público Estadual. Público alvo: Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Aeronáutica, Marinha, 17º Brigada, 5º Bec, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Civil.

Dia 8, das 8h às 12h no auditório do Ministério Público Estadual. Público alvo: Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Sejus e Ministério Público.

Dia 9, das 8h às 12h, no auditório do Ministério Público Estadual. Público alvo: Sesau, Seduc, Seas, Agevisa, DER, Sefin, Sead, Sepog, Casa Civil, Casa Militar, Governadoria, Detran, Sibra, CMR, Agero, Coetic, Diof, Fapero, Idaron, Jucer, Secon, Sepat, Sesdec, EPR, Funcer, Iperon, PGE, Secon, Soph, DRPC, Fease, Edep, Ouvidoria, Seagri, Sedam, Segep, Sepoad, Setur, Caerd, CGE, Detic, Emater, Fhemeron, Ipen, Sede e Sejucel.

Fonte: Assessoria