O secretário municipal de Educação, César Licório, esteve, na manhã desta segunda-feira (11/2), vistoriando a creche do bairro Alphaville, setor Norte de Porto Velho. A obra foi iniciada em 2015, através recursos do Governo Federal, mas só durou um ano, pois a empresa vencedora da licitação abandonou os serviços.

O processo só foi destravado no ano passado, após incansáveis visitas do prefeito Hildon Chaves e da equipe da Semed ao Ministério da Educação (MEC). A previsão é que, até o segundo trimestre desse ano, a Prefeitura licite novamente. De um lado o município tenta solucionar todos os entraves burocráticos, e, de outro, busca futuras parcerias.

Empresas renomadas, da capital, têm mostrado interesse. Uma delas é o grupo Sapiens. Milton Pellúcio e Augusto Pellúcio, diretor geral e diretor executivo, respectivamente, acompanharam a vistoria juntamente com o secretário.

Eles ficaram encantados com o tamanho da obra, que hoje está 60% concluída, e com o material utilizado, que é muito resistente e de alta qualidade. “Essa é uma creche em que todas as paredes são feitas com material que mantém a temperatura. As crianças não sofrerão com o calor”, disse Licório.

O projeto contempla oito salas de aula, banheiros com chuveiros, área de recreação, sala de professores, direção, cozinha e pátio, com capacidade para atender até 320 crianças.

Deverão ser atendidas crianças dos bairros Alphaville e Nova Esperança. A Semed já conseguiu garantir 600 mil reais para a continuação da obra. “Nesse momento, estamos correndo contra o tempo, para que esse projeto seja retomado. Falta bem pouco. Nosso desejo é que, no próximo ano letivo, possamos contar com essa unidade. Esperamos que essas visitas resultem em boas parcerias”, concluiu Licório.

Os representantes do Grupo Sapiens agradeceram pelo convite e pela oportunidade em conhecer a obra, reafirmando o interesse em contribuir com a educação municipal.

Fonte: Comdecom