RONDÔNIA – Tendo em vista a previsão orçamentária de 2019, sob a Lei nº 4.455 de 7 de janeiro de 2019, o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário no Estado de Rondônia (Sinjur) reitera o pedido feito à administração do Tribunal de Justiça de Rondônia em abril de 2018, para implementar o reajuste nos valores dos auxílios saúde e alimentação nos patamares mínimos de 10%.

O Sinjur solicita também uma atenção especial ao auxílio referente aos gastos com saúde, entendendo que estes carecem de imediata revisão, conforme o que está prescrito na Lei 568/2010.

O Sindicato ressalta que foi estabelecido o orçamento com os valores referentes a esta correção, no qual ficou estimado o impacto orçamentário em R$ 5,4 milhões para cobrir as despesas com as readequações nos auxílios para servidores e magistrados em 2019.

Destaca-se ainda que desde 2017 não há revisão nestes valores o que causa indignação à categoria.

NÚMERO DO SEI PARA CONSULTA – 0005924-98.2019.8.22.8000

 

FONTE: ASSESSORIA