Soldado da PM mata namorada, sogra, mãe e se suicida em Minas Gerais

Um soldado da Polícia Militar (PM) matou a namorada, a sogra, a própria mãe e cometeu suicídio em Minas Gerais. Os crimes ocorreram entre a madrugada de sexta-feira e manhã deste sábado. De acordo com Polícia Militar (PM), Igor Quintão Vieira, de 23 anos, matou Aline Guimarães Rodrigues, de 34 anos, que também é soldado da PM e a mãe dela, Elisabete Guimarães, de 66, em Divinópolis, no Centro-Oeste do estado. O casal fazia o curso da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos, em BH, juntos e estava a passeio pela cidade. Já a mãe do militar, Eloiza Santa Quintão Vieira, de 48 anos foi morta em Rio Pomba, na Zona da Mata, onde morava e também onde o soldado se matou em seguida.

Conforme o major Flávio Santiago, chefe da sala de imprensa da PM, antes de matar a mãe, o militar enviou uma mensagem pelo WhatsApp para um irmão confessando as mortes e ‘avisando’ sobre a execução de Eloiza Santa Quintão Vieira. “Na mensagem, ele confessou a morte da sargento Aline e da mãe dela e que não aguentaria ver o sofrimento da mãe e por isso, também teria que matá-la”, contou o policial.