FOTO: Ilustrativa

Um caminhoneiro, de 55 anos, foi preso na quinta-feira (11), na zona rural de Theobroma (RO). Ele é suspeito de matar outro caminhoneiro, no fim de junho, em Cabixi (RO). Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que o crime aconteceu após uma discussão. Ambos aguardavam para carregar os veículos com grãos, em um armazém, quando discutiram por causa da ordem na fila.

Após o crime, o caminhoneiro fugiu. A Polícia Civil de Colorado do Oeste (RO), que investiga o caso, pediu a prisão preventiva, mas ele não foi encontrado.

Nesta semana, a PM recebeu a informação de que o suspeito estaria escondido em uma propriedade rural de Theobroma. Os agentes foram até o endereço e localizaram o suspeito, que não mostrou resistência.

Os policiais também encontraram no local o revólver utilizado no crime. O suspeito foi levado para o hospital, realizou corpo de delito, e depois foi levado para unidade prisional de Jaru (RO).

O jornal ainda não localizou a defesa do suspeito.

Crime

Um caminhoneiro, de 42 anos, foi morto a tiros no Km 1 da Linha 11, no município de Cabixi. Segundo o boletim de ocorrência, testemunhas informaram à PM que os dois caminhoneiros e o filho do suspeito se envolveram em uma discussão por causa da lista de ordem de chegada dos caminhões para carregamento.

Durante a briga, a vítima xingou o agressor, que sacou um revólver e disparou diversos tiros contra o homem, fugindo em seguida do local. A vítima chegou a ser socorrida por uma ambulância ao hospital, mas morreu após dar entrada na unidade.

FONTE: G1