A Funai (Fundação Nacional do Índio) revelou um vídeo com imagens do último sobrevivente de uma tribo indígena isolada. O homem, conhecido como ‘índio do buraco’, vive sozinho numa floresta da Amazônia, sem contato com nenhum ser humano, há pelo menos 22 anos.

Nas imagens, o homem surge semi-nu, com um machado batendo em uma árvore. Acredita-se que tenha cerca de 50 anos e nunca teria sido filmado a uma distância tão curta.

“Ele está bem, caça, mantém algumas plantações de mamão papaia e milho”, indicou Altair Algayer, coordenador regional da agência governamental em Rondônia. Algayer estava com a equipe que fez o vídeo, segundo destaca o Guardian.

A Funai já observa o ‘índio do buraco’ há mais de duas décadas, sempre sem interferir.

“Imagine passar 22 anos observando uma só pessoa. Planejando ações de vigilância no território onde vive, garantindo a sua proteção contra ameaças externas. Nenhuma palavra trocada. Todo o contato consistindo em fornecer alguns objetos que poderão ser úteis para a sua sobrevivência. É esse o trabalho realizado pela Funai na Terra Indígena (TI) Tanaru, onde vive o indígena isolado”, indicou a agência, no texto que acompanhava o vídeo.

ASSISTA O VÍDEO:

 

Fonte: Notícias ao Minuto