Militar-morto-1A morte do Cabo da polícia militar, Alexandre Aparecido dos Santos, de 36 anos de idade, foi flagrada por uma moradora no conjunto Novo Horizonte, no bairro Floresta, em Rio Branco, nessa segunda-feira, 15.

A gravação, com quase três minutos de duração, mostra o momento exato do disparo. O Cabo, assim como os demais policias, estava fazendo a abordagem de Kenned Magalhães que estava resistindo. Ele tentou fugir quando os policiais o seguraram.

Com alguns segundos de gravação, é possível ouvir o disparo que matou Aparecido.

A guarnição fazia patrulhamento de rotina em combate ao tráfico de drogas na região quando ordenou a parada de um veículo, cujo motorista não obedeceu e seguiu em fuga.

Após alguns minutos de perseguição policial, os policiais conseguiram localizar o veículo e abordaram o motorista e os passageiros.

Na delegacia, Kenned disse que não parou o veículo porque já estava sendo perseguido vários dias por um policial, então, preferiu parar em frente à residência.

No local, de acordo com o suspeito, os policiais começaram a enforca-lo e ele perdeu um pouco do sentido.

ac24horas