Adolescentes em conflito com a lei fizeram um agente socioeducador refém e fugiram por um buraco feito no muro do Centro Educacional Patativa do Assaré (Cepa), no Bairro Ancuri, em Fortaleza. A fuga, ocorrida na terça-feira (6), foi registrada por câmeras de segurança na parte externa da unidade.

No vídeo é possível ver o momento em que os internos abrem o buraco no muro do centro. Eles saem do centro socioeducativo e usam o refém como escudo.

Conforme a Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas), oito adolescentes iniciaram um tumulto para tentar sair da instituição. Uma equipe de agentes interveio, mas quatro internos conseguiram passar pela muralha.

No momento da fuga, uma equipe da Polícia Militar fazia a segurança na parte externa da unidade. Os policiais militares atiraram, seguiram em busca dos jovens e conseguiram recapturá-los.

Em nota, a Seas informou que foi aberto um procedimento na Corregedoria para apurar o ocorrido e responsabilizar os envolvidos com medidas disciplinares. O buraco por onde os adolescentes saíram foi fechado. Uma equipe de socioeducadores realizou uma vistoria nos dormitórios e na parte interna do Cepa.

A Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo ressaltou que a rotina na unidade foi restabelecida, e as visitas familiares ocorrerão normalmente no fim de semana.