Cinco homens morreram em Manaus durante dois supostos confrontos com a PM na noite desta quinta-feira (26). A cidade vive uma onda de assassinatos atribuídos a disputas pelo tráfico.

Os dois casos aconteceram no bairro São Jorge e teriam relação entre si. Os mortos incluem um adolescente de 17 anos.

Outras seis pessoas foram presas na mesma região. Todos os 11 já tinham passagens pela polícia, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas.

De acordo com a versão oficial, eles faziam parte de um bando que pretendia atacar uma facção rival na região. A secretaria, porém, não soube informar as facções envolvidas na disputa.

Em locais próximos e num curto intervalo de tempo, integrantes de dois veículos teriam reagido à abordagem policial. Nenhum PM saiu ferido.

A ocorrência foi classificada como um êxito pelo secretário de Segurança Pública, o coronel da PM Anézio Paiva, que nesta semana anunciou a criação de uma força-tarefa com 34 delegados para deter a onda de violência.

Somente no último fim de semana, houve 14 assassinatos na cidade, dos quais três decapitados.

Nenhum dos 11 mortos e capturados faz parte da lista dos seis mais procurados recém-divulgada pela polícia. O governo liderado por Amazonino Mendes (PDT), que busca o quinto mandato, promete pagar em troca de informações sobre eles, mas não informa o valor da recompensa.

VÍDEO EM PRESÍDIO

Desde quinta-feira (26), circulam nas redes sociais um vídeo, gravado com celular, em que presos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), em Manaus, aparecem fumando maconha e brincando.

Após a divulgação, a unidade prisional sofreu uma vistoria e encontrou o celular usado para gravar o vídeo, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária. Com informações da Folhapress.

Fonte: Notícias ao Minuto